Turismo

Complexo dos Fortes em Niterói, Rio de Janeiro – Informações e Fotos

Turismo no Rio de Janeiro – Niterói

Niterói possui uma diversificada beleza natural, lindos patrimônios históricos e diversos locais para se visitar. Hoje trouxemos uma dica especial de passeio na região – o Circuito dos Fortes – do Rio de Janeiro. A cidade de Niterói possui o segundo maior complexo de Fortes e Fortalezas do país, aproveite uma oportunidade que tiver nas ferias, feriados ou finais de semana para visitar lugares lindos e históricos. 

Foto da Vista Aérea da Fortaleza Santa Cruz na Baia de Guanabara

* Fortaleza Santa Cruz

A Fortaleza de Santa Cruz da Barra é um sítio histórico cuja construção iniciou-se em 1555. Suas muralhas foram construídas com pedras cortadas e assentadas à mão, com uma área de 7153 metros quadrados. 

A Fortaleza apresenta um acervo composto de 45 canhões dos séculos XVIII e XIX, além de uma capela datada de 1612, com uma imagem de Santa Bárbara do século XVIII. Fica localizada ao lado do canal de entrada da baia de Guanabara, por onde passam todas as embarcações que chegam no porto do Rio de janeiro.

O local tem uma visão privilegiada das cidades do Rio de Janeiro e de Niterói. Veja mais informações: 

Endereço: Estrada Eurico Gaspar Dutra, s/nº – Jurujuba; Tel.: 2710.2354

Funcionamento: De terça à Domingos e Feriados das 9h às 17h.

Ingresso de Adultos: R$ 6,00 e de Estudantes (com carteira): R$ 3,00

Isentos: Militares do Exército Brasileiro e seus dependentes, guias da EMBRATUR, menores de 06 anos e maiores de 65 anos.

Foto dos Canhões da Fortaleza de Niterói

* Forte do Pico e Ruínas da Antiga Fortificação Sao Luís

No alto do morro do Pico, com entrada pelo Forte Barão do Rio Branco, estão plantadas as ruínas do conjunto arquitetônico que, no século XVIII, abrigou as fortificações do Pico ou São Luiz. Dada sua altura e localização, essa fortificação protegia a entrada da barra, toda a Baía de Guanabara e a Fortaleza de Santa Cruz de possíveis ataques.

 Atualmente, as construções do Pico ainda preservam, com imponência e grandiosidade, guaritas e muros de pedra já cobertos de vegetação, portões de acesso, corredores, galerias e túneis carregados de mistério e largos pátios rochosos. Do alto do Pico, avista-se, de um lado, a Fortaleza de Santa Cruz, o Morro da Urca e o Pão-de-Açúcar; e, de outro, o Forte do Imbuí e a infinitude atlântica, numa visão absolutamente deslumbrante.

Forte do Pico ou Forte Sao Luis – Vista do Rio

Endereço: Acesso pelo Forte Barão do Rio Branco. Tel.: 3611.1207

Visitação: Sábados, Domingos e Feriados Nacionais, das 10h às 16h.

Ingresso da Visita: R$ 10,00 e para Estudantes (mediante a apresentação de carteira) e maiores de 65 anos: R$7,00

Foto das Ruinas do Forte do Pico

*Forte Rio Branco e Forte Imbui

Os fortes são ligados por uma pequena estrada cercada de árvores e praias, compondo um conjunto de três milhões e duzentos mil metros quadrados, com uma parte de Mata Atlântica preservada e manifestações zoológicas (preguiças, saguis, corujas nativas, etc).

Alem das belezas naturais e da vista panorâmica  os visitantes conhecem uma parte da historia do Brasil – com informações sobre acoes militares e históricas atreladas `as construções.

Endereco dos Fortes: Av. Marechal Pessoa Leal, 265 – Jurujuba.

Tel.: (21) 3611.1207 / 2711.0366 

Foto da Fachada do Forte Rio Branco

*Forte Gragoatá

Localizado na ponta do Gragoatá, com ampla visão da entrada da Baía de Guanabara, foi construído entre os séculos XVII e XVIII, com o nome de Forte de São Domingos, em homenagem ao patrono da capela construída em 1652, hoje matriz de São Domingos.

Limitado pela praia e pela praça homônimas, o Forte já abrigou a Seção de Comando do Grupamento Leste da Artilharia de Costa e, hoje, é sede do Comando da 2ª Brigada de Infantaria, sendo monumento tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. 

Local: Praia do Gragoatá, 145 – Gragoatá. Mas não há visitação.

* Forte da Boa Viagem

A Ilha da Boa Viagem, na ponta da praia de mesmo nome, revela e oculta dois monumentos arquitetônicos do período colonial. Fincada em seu topo, solitária e poeticamente contemplando a Baía de Guanabara, a Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem se oferece aos olhos dos que a contemplam. Ocultas sob a vegetação, abaixo da Igreja, escondem-se as ruínas de uma fortificação erguida no final do século XVII com o nome de Forte da Barra, logo depois chamado Forte da Boa Viagem.

Local: Praia da Boa Viagem, s/nº – Boa Viagem.

Fotos do Rio de Janeiro – Complexo dos Fortes

** O que achou das Informações sobre o Complexo dos Fortes de Niterói  Deixe seus comentários aqui no Brasil Front…

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.