Scroll Top

Educação e Reflexão

Comércio Triangular O Que é? Saiba Mais, Informações Para Vestibular

O chamado comércio triangular é o que era realizado entre a Europa, América e África, a partir de meados do século XVI. A rede de negociações entre os colonos europeus, África e América incluía o tráfico de escravos, o emprego desta mão de obra em áreas de produção agrícola e de extração de metais preciosos nas Américas.

Essa rede era responsável pela distribuição de mercadorias como açúcar, tabaco, algodão, ouro, prata e diamantes em direção á Europa, que, por sua vez, escoavam manufaturados, armas, produtos oriundos da Ásia em troca de escravos, além de oferecer as embarcações para o comércio entre os continentes.

Comércio Triangular O Que é? Saiba Mais, Informações Para VestibularAs negociações, entretanto, não eram tão simples e não beneficiavam apenas aos europeus, como muitas vezes se chegou a pensar.

Esta explicação sobre o comércio triangular, utilizada por muito tempo, tem sido questionada por estudos mais recentes que apontam a existência de um comércio bipolar entre Brasil e África, por exemplo, que beneficiara, sobretudo, os responsáveis pelo aprisionamento e tráfico de escravos.

Nossa História colonial não se confunde com a continuidade do nosso território colonial.

Sempre se pensou o Brasil fora do Brasil, mas de maneira incompleta: o país aparece no prolongamento da Europa. (…).  A colonização portuguesa, fundada no escravismo, deu lugar a um espaço econômico e social bipolar, englobando uma zona de produção escravista situada no litoral da América do Sul e uma zona de reprodução de escravos centrados em Angola.

Desde o século XVI, surge um espaço aterritorial, um arquipélago lusófono composto dos enclaves da América portuguesa e das feitorias de Angola.  É dai que emerge o Brasil no século XVII. (…).

O trato negreiro entre a América e a África portuguesa extravasa os parâmetros habitualmente definidos por enquadrar o comércio colonial. A bipolaridade das relações entre os mercados brasileiros e africanos possui uma dinâmica própria que verga a política portuguesa no Atlântico. Afiguram-se duas séries de consequências.

Em primeiro lugar, as carreiras marítimas reforçam certas aristocracias negreiras africanas e ampliam a oferta de escravos nos portos de trato. Em segundo lugar,  esses fluxos estimulam o intercâmbio com a África, contribuindo para fixar capitais e equipamentos de navegação neste setor, e, por fim, diminuir os custos de transporte no Atlântico Sul.

Este último fator leva [ o historiador Immanuel] Wallerstein que (…) considera o tráfico negreiro unicamente como um segmento do comércio triangular, a sugerir (…) que o preço do transporte dos africanos poderia ter sido inferior ás despesas causadas pela fuga dos índios na América.

Fonte: ALENCASTRO, L. F. de. O Trato dos Vigentes: formação do Brasil no Atlântico Sul. Séculos XVI e XVII, São Paulo: Companhia das Letras, 2000. p. 9, 116.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Comércio Triangular O Que é? Saiba Mais, Informações Para Vestibular!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: