Scroll Top

Mundo Histórias e Atualidades

Brasil Nação de Maioria Negra, Desigualdade Racial, Discriminação

 

Mundo Histórias e Atualidades

Brasil Nação de Maioria Negra, Desigualdade Racial, Discriminação

Desigualdade racial no Brasil

 O Brasil caminha a mais de um século com a discriminação e a desigualdade racial. Estamos longe de viver a tão propalada democracia racial. Muitos atos de violência contra os negros são resultados de desigualdade racial que ainda impera no Brasil. Muitas conquistas já foram obtidas através de muito esforço, discussões e debates. Hoje já melhorou muito as condições de vida desse povo que sofreu muito com a escravidão, no passado.

Segundo o  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, o Brasil caminha para uma nação de maioria negra. A parcela negra da população é a que tem as piores condições de vida. O negro vive menos, morre mais por causas violentas, estuda menos, tem mais dificuldade de ingressar e se manter no mercado do trabalho, trabalha nas ocupações menos valorizadas, ganha salários mais baixos e constitue a maioria da parte mais carente da população.

Ocorreram alguns avanços nos últimos anos, isso se deu em virtude do estabelecimento de prioridades á população mais pobre, confira cada um deles aqui, Brasilfront:

1- Entre 1995 e 2005, a diferença na expectativa de vida entre negros e brancos caiu de 5,6 para 3,2 anos;

2- A diferença na mortalidade na infância entre negros e brancos também caiu, de 84% para 27%, mesmo período (1995 a 2005);

3- O índice de analfabetismo reduziu consideravelmente no país, e especialmente entre os negros, em 1995 era de 9,5% entre os brancos e 23,4% entre os negros, dez anos se passaram , essas taxas eram de 6,5% e 9,5%.

 Em 2006, os avanços melhoraram ainda mais, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), mostra que:

1- A taxa de desemprego entre os negros é de 9,3%, contra 7,5%  entre os brancos;

2- Entre os trabalhadores negros empregados, mais de 60% ganham, no máximo, um salário mínimo, e menos de 22% recebem mais de dez salários mínimos. Entre os brancos, essas porcentagens são de 39% e 76%, respectivamente.

3- A remuneração média dos brancos é de 1,087 reais, por mês. A dos negros é de pouco mais de 578 reais.

Essas diferenças já foram bem maiores. A redução das diferenças começaram a ocorrer a partir de 2001, com implementação de políticas sociais universais, como o Bolsa Família e a valorização do salário mínimo. Mas o Ipea projeta que, apenas em 2040 negros e brancos terão as rendas médias equiparadas.

Ações  afirmativas não visam acabar com a Discriminação, e sim a diminuir a distância social entre negros e brancos através do tratamento diferenciado. A educação é um campo sensível no que se refere á discussão sobre a defasagem entre brancos e negros. A questão da reserva de vagas é extremamente polêmica. Como a política de reserva de cotas para negros nas universidades provocam polêmica.

Pense Nisso!!! Reflita como será nosso Brasil daqui alguns anos em relação a Brasil Nação de Maioria Negra, Desigualdade Racial, Discriminação

Comente aqui no nosso Blog, Brasilfront  Dê sua opinião…

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Brasil Nação de Maioria Negra, Desigualdade Racial, Discriminação!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: